sábado, 20 de setembro de 2008

FEIRA DA MÚSICA

video

FEIRA DA MÚSICA


Alguns ajustes





Testando a rabeca









É batuque



É Brazuka






Nossos tambores

Os tambores artesanais ganham mais espaço na cena cultural de fortaleza a partir de 2004, com a interação de pessoas que tiveram a iniciativa de se unirem e formarem grupos que continuam crescendo e despertando o interesse de um público bastante variado, composto por estudantes, universitários, artesãos, malabaristas e profissionais liberais que têm o prazer de participar de uma atividade cultural. Foi nesse cenário de crescimento que surgiu a necessidade de produzir nossos próprios tambores, para não termos que mandar trazer instrumentos e com eles reproduzir a cultura de onde eles foram feitos.“Somos peritos no quesito inovação, quando se fala em criar soluções e experimentar possibilidades, exercitando a criatividade intuitiva, pois sem ter a pretensão de reinventar a roda, somos bastante inventivos e capazes de aprender com os próprios erros, não aprendi a fazer tambor com nenhum mestre foi simplesmente com o exercício do tentar”. Nós temos em 2008 uma qualidade incontestável na produção de tambores artesanais, usados em diversas manifestações culturais como os maracatus, os reisados, as bandas cabaçais, e os grupos de batuques que estão se tornando cada vez mais autônomos, querendo fabricar seus próprios instrumentos, em conseqüência surge os grupos de quem já fabrica há algum tempo e decide que é hora de ampliar os horizontes partindo para atividades culturais que agregam valor e criam demandas de consumo aos nossos brinquedos contemporâneos.Os tambores Brazuka são produzidos em fortaleza com medidas padrão em polegadas; 8”, 10”, 12”, 14”, 16”, 18”, 20”.